Três trechos de rodovias do Pará estão entre os piores do Brasil (Foto: Jaqueline Moura/RBATV/Arquivo)

Em 2017, uma cratera se abriu na BR-222, no trecho que liga os municípios de Abel Figueiredo e Rondon do Pará e este não está na lista (Foto: Jaqueline Moura/RBATV/Arquivo)

No ranking das dez piores ligações rodoviárias do Brasil, três trechos estão no Pará. Boa parte das estradas está situada em regiões agrícolas, dificultando o escoamento das safras e o trânsito da produção. O levantamento consta na 21ª Pesquisa CNT de Rodovias, feito pela Confederação Nacional do Transporte (CNT) em parceria com o Sest/Senat. Os dados foram divulgados na última sexta-feira (26).

Segundo a publicação, para se chegar ao resultado, as equipes percorreram 105.814 km de estradas e consideraram três itens: pavimento, sinalização e geometria da via.

Os trechos que passam por cidades paraenses aparecem em 2º, 4º e 6º lugar entre os classificados como ruim. Veja:

VEJA:

1. Trecho entre Natividade (TO) e Barreiras (BA): BA-460, BA-460/BR-242, TO-040 e TO-280 – a classificação geral da ligação rodoviária foi “péssimo”.

2. Trecho entre Marabá (PA) e Dom Eliseu (PA): BR-222 – a ligação recebeu classificação geral “ruim”.

3. Trecho entre Jataí (GO) e Piranhas (GO): BR-158 – trecho com classificação “ruim”.

4. Trecho entre Marabá (PA) e Wanderlândia (TO): BR-153, BR-230 e PA-153/BR-153 – classificação geral “ruim”.

5. Trecho entre Rio Verde (GO) e Iporá (GO): GO-174 – trecho considerado “ruim”.

6. Trecho entre Belém (PA) e Guaraí (TO): BR-222, PA-150, PA-151, PA-252, PA-287, PA-447, PA-475, PA-483 E TO-336 – classificação geral “ruim”.

7. Trecho entre Teresina (PI) e Barreiras (BA): BR-020, BR-135, BR-235, BR-343, PI-140, PI-141/BR-324 e PI-361 – classificação geral “ruim”.

8. Trecho entre Barracão (PR) e Cascavel (PR): BR-163, PR-163/BR-163, PR-182/BR-163 e PR-582/BR-163 – classificação geral “regular”.

9. Trecho entre Brasília (DF) e Palmas (TO): BR-010, DF-345/BR-010, GO-118, GO-118/BR-010, TO-010, TO-050, TO-050/BR-010 e TO-342 – classificação considerada “regular”.

10. Trecho entre Florianópolis (SC) e Lages (SC): BR-282 – classificação geral “regular”.

(DOL)

http://xinguaraativa.com.br/wp-content/uploads/2018/01/destaque-482954-br.jpghttp://xinguaraativa.com.br/wp-content/uploads/2018/01/destaque-482954-br-150x150.jpgGesiel TeixeiraDescasoDestaquesGovernoParáTrês trechos de rodovias do Pará estão entre os piores do Brasil
No ranking das dez piores ligações rodoviárias do Brasil, três trechos estão no Pará. Boa parte das estradas está situada em regiões agrícolas, dificultando o escoamento das safras e o trânsito da produção. O levantamento consta na 21ª Pesquisa CNT de Rodovias, feito pela Confederação Nacional do Transporte (CNT)...
Compartilhe: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn