Órgãos federais devem abrir pelo menos 16 mil vagas em 2018 (Foto: Divulgação)

(Foto: Divulgação)

Quem está de olho em uma vaga no funcionalismo público deve ficar atento às oportunidades que começam a surgir para 2018. Apenas em 6 órgãos federais há expectativa de que pelo menos 16 mil vagas sejam abertas para o próximo ano. Os editais dos concursos ainda não foram publicados, mas a estabilidade e os salários – que podem chegar até R$22 mil – são apenas alguns dos incentivos a estudar para os certames o quanto antes e sair na frente. Os cargos são para níveis médio e superior, com vagas também no Pará.

Segundo o site Jornal dos Concursos, um dos motivos que levam a crer que será aberto um grande número de oportunidades é a alta defasagem de pessoal enfrentada por diversas instituições – como exemplo, a Receita Federal, que apresenta um déficit de mais de 20 mil servidores.

Por isso, os especialistas alertam que, mesmo sem edital, os candidatos devem ir se preparando para conquistar a tão sonhada colocação no funcionalismo público federal. O professor de direito penal Adriano Izídio garante: é fundamental se preparar o quanto antes para desbancar a concorrência. “Mesmo sem ter edital, já têm órgãos que sinalizam concursos certos, como a Policia Federal, por exemplo”, lembra.

O especialista orienta que o candidato faça alguns levantamentos para conhecer o que vai encarar na hora da prova. “Na internet, é possível ver os editais passados, as provas e saber os pontos mais cobrados”, reforça.

Outra dica de Adriano é pesquisar sobre as bancas examinadoras autorizadas para realizar a disputa e seguir os estudos de acordo com a exigência delas. Para passar, o professor reforça que é preciso esforço e foco. “A pessoa tem que saber o que quer. Onde quer passar e o porquê, para não se frustrar, entusiasmada com o salário alto e a estabilidade”, observa. Com a oferta de vagas em vários órgãos federais, é preciso seguir uma linha de conteúdo. Se for fazer mais de um concurso, que seja com editais semelhantes, como o da PRF e PF.

ESTUDO

Para ficar bem preparado, monte um cronograma de estudo. Nele, defina o dia, a hora e os conteúdos. Abrir mão de férias, fins de semana e feriados também faz parte do esforço para conquistar a tão sonhada colocação. O professor destaca que estudar com acompanhamento aumenta as chances de garantir a vaga. “Procure um cursinho preparatório ou alguém com experiência, que conheça os editais, o conteúdo e o que pede a banca examinadora”, finaliza Adriano Izídio.

(Roberta Paraense/Diário do Pará)

http://xinguaraativa.com.br/wp-content/uploads/2017/12/destaque-472022-ghgfhgf.jpghttp://xinguaraativa.com.br/wp-content/uploads/2017/12/destaque-472022-ghgfhgf-150x150.jpgGesiel TeixeiraAtualidadesCorcursosDestaquesOportunidadeParáconcursos,Órgãos federais devem abrir pelo menos 16 mil vagas em 2018
Quem está de olho em uma vaga no funcionalismo público deve ficar atento às oportunidades que começam a surgir para 2018. Apenas em 6 órgãos federais há expectativa de que pelo menos 16 mil vagas sejam abertas para o próximo ano. Os editais dos concursos ainda não foram publicados,...
Compartilhe: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn